CREMERJ alerta sobre medidas de combate à dengue

O estado do Rio de Janeiro enfrenta uma situação preocupante devido ao aumento significativo de casos de dengue. Diante desse cenário, o CREMERJ alerta a população sobre a importância de adotar medidas preventivas para combater a proliferação do mosquito Aedes aegypti, transmissor da doença.

As altas temperaturas e a umidade típicas desta estação criam um ambiente propício para a reprodução do mosquito vetor da dengue. Por isso, é fundamental que a população esteja atenta e tome medidas para eliminar possíveis focos de reprodução do mosquito em suas residências, como recipientes com água parada.

O Conselho ressalta que a prevenção é a melhor forma de combater a dengue. Além da eliminação de criadouros do mosquito, é importante utilizar repelentes, colocar telas em janelas e portas, e vestir roupas que cubram a maior parte do corpo, principalmente durante o amanhecer e o entardecer, períodos em que o Aedes aegypti é mais ativo.

“Toda a atenção deve ser dada neste período. É um dever de todos nós combater o mosquito. Além disso, vale reforçar a importância de procurar um médico, se sentir qualquer sintoma e nunca se automedicar, pois os riscos são muito altos”, explica o presidente da autarquia, Walter Palis.

O CREMERJ destaca a importância da vacinação como medida de combate à dengue, principalmente em áreas endêmicas. O Conselho solicita que o Ministério da Saúde aumente a oferta do imunizante, garantindo acesso a toda a população brasileira e contribuindo para a redução dos casos da doença.